Fonte: Cultura não é argumento

Anúncios
#dogwalkercastrozn #passeiocanino #passeioeducativo #socializaçãocanina

Porque passear com @dogwalkercastrozn ?

#dogwalkercastrozn #passeiocanino #passeioeducativo #socializaçãocanina, Cães, Comportamento Canino, dogwalkercastrozn, Passeio canino

Não é nada fácil explicar para os tutores que os cães precisavam de atividade, exercícios diários, não só “adestramento”, para ter saúde física e mental, assim como para solucionar questões de comportamento mais comuns.

A partir disso e com foco 100% no cão e na qualidade do serviço, procuramos proporcionar aos cães o que eles realmente desejavam: – Passeio divertido, ativo e que incentiva a interação entre eles, as pessoas e a natureza.

Ao focar nos cães, entendemos que também focamos em humanos, pois conseguimos transmitir a eles a hierarquia necessária para o equilíbrio da matilha.

Muitas pessoas acreditam que qualquer um pode fazê-lo, e é um grande engano.

Além de amar e respeitar os cães, deve-se conhecer o mercado, psicologia canina, assiduidade e extremamente responsável para que tenha uma atividade com qualidade.

dogwalkercastrozn atua com profissionais qualificado e capacitado em primeiros socorros e em psicologia canina, preocupando-se, além disso, com a observação de eventual anomalia, selecionando cães sadios, eliminando o risco de inconvenientes.

A fim de tornar os grupos homogêneos, realizando atividade recreativa buscando conhecer melhor as características e gostos particulares.

Para a maioria, os cães são membros da família, necessitando de cuidados especiais, personalizados, com responsabilidade e amor.

Caminhar com os cães é considerado um excelente exercício, que pode ser realizado por cães de todas as raças e idades. Este tipo de atividade evita o sedentarismo e, consequentemente, a obesidade, regularizando o condicionamento físico e equilibrando seu temperamento.

Muitos cães – principalmente os que não possuem espaço para brincar e os que passam grandes períodos sozinhos, afastados de seus tutores ou do convívio de outros da mesma espécie – desenvolvem estresse. Para este mal, passear é um ótimo remédio.

Assim como os seres humanos, os cães necessitam de passeios, exercícios, outros odores, socialização com o ambiente externo, e de um líder, e é você, o tutor. Na maioria das vezes, os cães são líderes no mundo dos humanos porque as pessoas dizem:

“Não é uma gracinha? Ele está tentando me falar alguma coisa”. É a velha síndrome de Lassie: “O que foi Lassie? O vovô caiu dentro do poço?” Sim, ser humano, nesse caso seu cão está tentando lhe dizer algo – está fazendo você se lembrar de que ele é o líder, e você, o seguidor.

Então, quando você acorda na hora que quiser, você é o líder da matilha.

Quando abre a porta porque quer, é o líder.

Quando sai de casa antes de seu cão, é o líder.

Quando toma as decisões em sua casa, é o líder.

E não estou falando sobre 80% do tempo.

Estou falando sobre 100% do tempo.

Se você exercer apenas 80% da liderança, seu cão o seguirá em apenas 80% do tempo.

E nos outros 20% ele comandará o espetáculo.

Se você der ao seu cão a oportunidade de ser líder, ele não vai desperdiçá-la.

Não há restrição, apenas particularidades quanto à duração e frequência dos passeios, levando-se em conta o nível de energia do animal, seu interesse por exercícios, condicionamento físico, obesidade e envelhecimento.

Além de problemas locomotores como displasias, luxações, artroses e degenerações ósseas. É importante adaptar o passeio de forma individual, respeitando os limites e sem causar danos ao organismo.

Todos os manejos são realizados com intervalos para descanso, necessidades fisiológicas e água, lembrando que sempre serão respeitadas as tipicidades de raça, idade, peso e eventuais restrições físicas e de saúde do cão.

🐾 Atendimento sempre que precisar ausentar-se por horas, dias, férias, viagens ou compromissos.

Agende sua #Visita #hoje mesmo pro #cãoforto da sua matilha!
#Wpp 📲 11 9 9277-8700, Seg. à Sexta, ⌚ 8h às 20h.
📧 dogwalkercastro@gmail.com
🐾 Brincar é arte, passear faz parte! 🐾

 

Atividade física diária vs. Tutores e seus peludos.

#dogwalkercastrozn #passeiocanino #passeioeducativo #socializaçãocanina

Na maioria das vezes, tutores não realizam com qualidade necessária os passeios de que tão eles (dogs) querem, precisam e necessitam. (Passeio, Persistência e Paciência. – Rotina do 3 P´s).

Por isso, @dogwalkercastrozn surgiu para satisfazer as necessidades básicas do cão, enquanto auxilia o tutor no cuidado com seu peludo. O serviço de dogwalker – ou passeador de cães – é muito comum em países como Estados Unidos, Inglaterra e Argentina.

No Brasil, a população canina aumenta a cada ano. Em São Paulo, por exemplo, houve um aumento de 60% no número de cães entre 2002 e 2008 (de acordo com censo realizado pela Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da USP) totalizando 2,4 milhões de cachorros só na capital paulista. Estima-se que exista 1,5 milhão de cães com um responsável apenas em São Paulo; daí a necessidade de profissionais aptos para suprir esta demanda.

A ausência de exercícios físicos acarretam distúrbios de diversos sintomas, independentemente de raça, da idade, porte ou sexo. Ao incorporar cães em ambientes construídos pelo humano, em áreas urbanas e rurais, é sempre relevante considerar a importância da promoção e preservação da saúde física e mental da matilha, o equilíbrio ecológico e o bem estar animal.

Pensando nisso, todo nosso trabalho são desenvolvidos com base nas diretrizes da psicologia canina, reforço positivo e posse responsável, formando um tripé:

Exercício: Essa é a primeira e mais importante atividade praticada em conjunto pelo cão e seu tutor, geralmente é recomendado passeios de pelo menos 40 minutos (dependendo do porte, idade e salvo restrição médica veterinária); [Posse Responsável];

Disciplina: Deve ser aplicados com o escalonamento de regras, limites e restrições entre o cão e matilha-família. Disciplina também quer dizer regularidade das tarefas e com as atividades indicadas; [Psicologia Canina];

Carinho: Essa deve ser a última atividade realizada com o cão. O carinho também é usado como recompensa por bom comportamento. [Reforço Positivo].

Segurança sem comprometer a diversão do seu cão é nossa condição diária, necessária para o equilíbrio da matilha-família.

Com diferenças de idade, de personalidade e de condicionamento físico, nos esforçamos e realizamos programas para oferecer tratamento diferenciado a cada cão atendido.

Respeitamos e amamos os animais, por isso, não comprometeremos saúde e satisfação por um ganho monetário, Nunca!

Os grupos de passeios são limitados em até 3 cães por passeador e também oferecemos Passeio Educativo Individual para aquele que assim o desejar ou ser pós avaliação necessário para posterior introdução da socialização.

Saiba mais acessando : 🐾 Atendimento sempre que precisar ausentar-se por horas, dias, férias, viagens ou compromissos.

Agende sua #Visita #hoje mesmo pro #cãoforto da sua matilha!
#Wpp 📲 11 9 9277-8700, Seg. à Sexta, ⌚ 8h às 20h.
📧 dogwalkercastro@gmail.com
🐾 Brincar é arte, passear faz parte! 🐾

 

Erros mais comuns na hora de educar um cão de estimação.

#DogInformação, #PetDicas, Brincar é Arte Educar faz parte, Cães, Comportamento Canino, Dog Walker, dogwalkercastrozn

 

  • Não use a palavra “não” toda hora.
  • Evite dar “bronca” nos momentos em que o cão tiver dificuldades em relacioná-la ao comportamento errado que se quer coibir.

Sem a certeza do motivo, o cão irá apenas se acostumar à “bronca”.

  • Muitas vezes, ao fazer algo errado, o cão está apenas querendo chamar a atenção.

Cair nessa “armadilha” (por exemplo, correr atrás do animal para retirar um objeto de sua boca) reforçará esse comportamento.

  • Usar violência física como punição é um erro grave, que levará o cão a desenvolver distúrbios comportamentais,

como medo excessivo e/ou agressividade. Além disso, depois de estabelecida essa prática,

torna-se remota as possibilidades de reversões futuras no quadro comportamental.

  • Se, no entanto, a correção for inevitável, é imprescindível escolher o momento exato em que deve ocorrer.

A melhor ocasião será durante a “intenção”, antes de o comportamento errado acontecer; ou ainda, quando o comportamento errado está acontecendo, sendo ideal torná-lo desagradável ou sem graça.

Depois de o comportamento errado ter terminado, a correção fica sem sentido.

A melhor estratégia será então tentar provocar a mesma situação novamente para, aí sim, aplicar a correção.

 

Sobre o autor do blog:

🐾 Atendimento sempre que precisar ausentar-se por horas, dias, férias, viagens ou compromissos.

Agende sua #Visita #hoje mesmo pro #cãoforto da sua matilha!
#Wpp 📲 11 9 9277-8700, Seg. à Sexta, ⌚ 8h às 20h.
📧 dogwalkercastro@gmail.com
🐾 Brincar é arte, passear faz parte! 🐾

 

Biólogo afirma que podemos acabar com os testes em animais

#dogwalkercastrozn #passeiocanino #passeioeducativo #socializaçãocanina

O Holocausto Animal

Quando os cientistas nos alertam sobre algo, devemos ouvi-los. E quando isso envolve a morte de milhões de animais, às custas de benefícios controversos para humanos, já observamos a própria comunidade científica se posicionando de maneira contrária à experimentação animal. Um destes notáveis exemplos é o biólogo molecular Frank Alarcón, com Graduação na UNICAMP, Mestrado em Físico-Química (USP) e Doutorando em Bioética (UFF).

Ver o post original 2.232 mais palavras

Parceiro – Projeto Social @petcentercastro (webpet)

#dogwalkercastrozn #passeiocanino #passeioeducativo #socializaçãocanina

Estou divulgando minha loja virtual no facebook!

É com muito carinho que apresentamos aos nossos clientes uma nova vantagem exclusiva!
Cupom de Desconto: PETCENTERCASTRO

Regras do desconto: Em sua primeira compra Super Desconto de 15% em todos os produtos. Um presente especial para você.

Caso valor dos produtos no carrinho não atingir o valor mínimo de R$ 500,00 o cupom não é aplicado. Não acumulativo, sendo ofertado 1 cupom por cliente\mês. Válido até 31/12/2017.

Enviamos para todo o Brasil. Frete grátis a partir de $ 300,00.
Meios de Pagamento: PagSeguro, Paypal, MercadoPago e Transferência Eletrônica Bancária CEF. Atendemos no Atacado e Varejo.

Visite:

instagram.com/petcentercastro

facebook.com/petcentercastro

twitter.com/petcentercastro
Acesse curta e fique por dentro das Novidades em nossa loja virtual!
VAREJO

Obrigado pela atenção e boa semana!

castro.denis@gmail.com
#wpp: (11) 9 9277-8700

Por que o @dogwalkercastrozn

Comportamento Canino, Dog Walker

Cães ansiosos por atividades e tutores sem tempo para cumprir essa “obrigação”. É este o perfil dos clientes do @dogwalkercastrozn.

http://www.facebook.com/dogwalkercastrozn

Dinâmica de Atendimento

Preocupados com o bem estar físico e psicológico de seus peludos eles procuram o nosso trabalho para satisfazer as necessidades do seu melhor amigo.

O trabalho de dog walker (passeador de cães) está em alta. Hoje, Denis uniu o útil ao agradável proporcionando aos cães momentos essencialmente prazerosos, saudáveis e educativos. Concomitante ao passeio oferecemos instruções de Comandos básicos de obediência, agregando funcionalidade e disciplina.

Além do passeio também oferecemos o serviço de Pet Sitter, zelando pelo animal em seu lar quando a família não está presente.

Sobre o autor do blog:

🐾 Atendimento sempre que precisar ausentar-se por horas, dias, férias, viagens ou compromissos.

Agende sua #Visita #hoje mesmo pro #cãoforto da sua matilha!
#Wpp 📲 11 9 9277-8700, Seg. à Sexta, ⌚ 8h às 20h.
📧 dogwalkercastro@gmail.com
🐾 Brincar é arte, passear faz parte! 🐾

 

‪#‎Lolita‬ ‪#‎neguinha‬ #SRD ‪#‎praia‬ ‪#‎beach‬ ‪#‎Guarujá‬ #‎PasseioCanino‬  #‎dogwalkercastrozn‬‪ #‎BrincaréArte‬ ‪#‎Educarfazparte‬

Comportamento Canino, Dog Walker, dogwalkercastrozn

Neguinha nadando na areia de Pitangueiras-Guarujá…. tio n entrei no mar pq a água tá gelada au au au rsrs

#Lolita  #neguinha #praia #beach #Guarujá #pitangueiras #dog #srd

#Lolita #neguinha #praia #beach #Guarujá #pitangueiras #dog #srd

Você sabe o que é Etologia ?

Ciência e Medicina, Comportamento Canino, Dog Walker

A etologia é uma ciência, relativamente nova, que trata o comportamento ético individual e social dos animais, estudando-o, apenas, pela observação e anotação, guardando o respeito à territorialidade e à privacidade, sem a mais tênue interferência.
O pai dessa ideia, Konrad Lorenz, realizou alguns trabalhos de campo, juntamente com seu grande amigo e assistente Paul Leyhausen, no início deste século. Mais tarde, adotaram essa ideia Nicolaas Timbergen, Eibl Eibesfeldt, Solly Zuckermann, D. McFarland, A. Houston e tantos outros.

Exclusivamente pela observação, o estudo ético do comportamento animal, possibilitou a posterior análise e a determinação da etiologia de algumas dessas características que estarrecem o homem, pela sua incapacidade de acessá-las.

As sociedades mais primitivas, as menos civilizadas, são as mais lógicas e as mais próximas desse almejado comportamento.

Todos os “métodos didáticos” civilizados são radicalmente opostos ao de todas as outras espécies animais, classificadas, ainda hoje, como “irracionais”.

Desde o nascimento nós aprendemos a não fazer.

Aos seis meses começamos a aprender a segunda palavra: “mamãe”.

Assim, no lugar de proporcionar experiências, ensinamos a obediência.

Os outros animais, só aprendem com o resultado positivo de suas experiências.

 

Sobre o autor do blog:

🐾 Atendimento sempre que precisar ausentar-se por horas, dias, férias, viagens ou compromissos.

Agende sua #Visita #hoje mesmo pro #cãoforto da sua matilha!
#Wpp 📲 11 9 9277-8700, Seg. à Sexta, ⌚ 8h às 20h.
📧 dogwalkercastro@gmail.com
🐾 Brincar é arte, passear faz parte! 🐾

 

Como manipular um cachorro com dor?

Ciência e Medicina, Comportamento Canino, Dog Walker, Medicina Veterinária

Os cães, assim como as outras espécies animais, quando possuem quaisquer desconfortos, tanto físicos quanto psicológicos, tendem a responder à aproximação de forma agressiva.

Muitas pessoas, quando vêem cães precisando de ajuda na rua, sentem vontade de ajudar dando uma assistência devida para o pet. No entanto, muitos têm medo de aproximar-se do animal, temendo ser mordido. Os cães, assim como as outras espécies animais, quando possuem quaisquer desconfortos, tanto físicos quanto psicológicos, tendem a responder à aproximação de forma agressiva. É importante enfatizar que isso não é uma regra a ser seguida. Alguns animais não respondem violentamente, devido à índole ou a condições de saúde crítica no momento da abordagem, porém a pessoa que for aproximar-se, deve tomar alguns cuidados para que não ocorra nenhum tipo de acidente.

Os cães, ao contrário de outras espécies, possuem como defesa praticamente uma única “arma”: os seus dentes. Quando o animal domiciliado, ou mesmo de rua precisar, de socorro médico imediato, é importante que ao se aproximar do animal, não se tente logo entrar em contato físico com o cão. É importante que se observe, à distância, se há alguma lesão aparente no corpo do animal, como feridas, fraturas externas, entre outras.

Os principais fatores que mais causam dor nos cães são:

Fraturas ósseas, rompimento de tendões, luxações, dores abdominais e etc. Antes de entrar em contato físico com o animal, o tutor ou a pessoa que for resgatar deve improvisar algum tipo de transporte para que o animal seja encaminhado para a clínica veterinária. Um tampo de madeira ou um lençol podem ser usados para improvisar uma maca, de modo que o seu corpo fique nivelado. Jamais suspenda o animal de forma desigual, pois isso pode ocasionar uma piora do quadro clínico.

O próximo, e mais importante passo, é a colocação da focinheira, para que não ocorra nenhum tipo de acidente. É nesse momento, quando a pessoa irá tentar aproximar-se do animal, a ocasião certa para perceber a reação do pet. Mesmo o animal não esboçando agressividade, é importante que a focinheira seja colocada. A colocação é bastante simples e deve ser feita de forma rápida e precisa. O tutor vai para trás do animal segurando nos dois pontos de amarração da focinheira, em seguida faz a colocação rápida e prende de forma segura. Em alguns modelos pode-se utilizar um nó. Quando não existe uma focinheira próxima, pode-se improvisar a amarração com cadarço de sapato ou tira de pano.

Depois de ter feito todas as etapas de segurança, deve-se aproximar o lençol ou o tampo de madeira, e com a ajuda de outra pessoa, faz-se a colocação do animal em cima da maca improvisada. É indicado que uma pessoa segure lateralmente no tórax e na cabeça e a outra pessoa no quadril. Caso o animal sinalize dor, deve-se procurar um local que não o incomode. O movimento de suspensão deve ser feito simultaneamente, de forma sincronizada.

Caso a pessoa que for resgatar, ou o tutor do animal, tiver acesso a uma luva de procedimento, deve calçá-la antes de manipular o animal. Essa prática é importante que seja feita tanto em animais de casa quanto de rua, pois ninguém sabe da moléstia que o animal apresenta no momento. Existem doenças que são classificadas como Zoonoses, e podem ser transmitidas para os seres humanos.

‪#‎DogInformação‬  ‪#‎ComoManipularDogcomDor‬ ‪#‎ManuseioCanino‬ ‪#‎ManuseioAdequado#‎Pet‬ ‪#‎Dog‬ ‪#‎Socorro‬ ‪#‎dogwalkercastrozn‬ #manipularumcachorrocomdor

Fonte: http://portaldodog.com.br/cachorros/saude/como-manipular-um-cachorro-com-dor/

 

Sobre o autor do blog:

🐾 Atendimento sempre que precisar ausentar-se por horas, dias, férias, viagens ou compromissos.

Agende sua #Visita #hoje mesmo pro #cãoforto da sua matilha!
#Wpp 📲 11 9 9277-8700, Seg. à Sexta, ⌚ 8h às 20h.
📧 dogwalkercastro@gmail.com
🐾 Brincar é arte, passear faz parte! 🐾